This text will be replaced

Aleitamento Materno Solidário

Aleitamento Materno Solidário


O aleitamento materno solidário é um tema de extrema importância na atualidade. A mulher de hoje vive muitos conflitos á cerca da amamentação. Luta contra o tempo de sua licença maternidade, do stress de ingresso do bebê em berçários, da cobrança em ser uma profissional de sucesso. Todas essas atribuições geram certa insegurança e incertezas em sua própria capacidade de amamentar. Que dirá então quando se fala em doar o seu leite e fazer o aleitamento solidário?

A mãe em seu período de licença maternidade tem a disponibilidade de amamentar por um tempo maior, pelo menos nestes primeiros seis meses de amamentação. É um momento precioso de cuidado integral ao bebê, onde ambos estão em uma íntima sintonia da maternidade. Este é o momento ideal para se pensar sobre o aleitamento materno solidário.

O leite materno é fundamental para a saúde das crianças nos seis primeiros meses de vida, por ser um alimento completo, fornecendo inclusive água, com fatores de proteção contra infecções comuns da infância, isento de contaminação e perfeitamente adaptado ao metabolismo da criança. Além do mais, o ato de amamentar é importante para as relações afetivas entre mãe e filho.

Uma estimativa da Organização Mundial da Saúde calcula que só 35% dos bebês com até 6 meses recebam exclusivamente o leite materno. E mais, estudos comprovam que amamentação até os 2 anos pode salvar 1,5 milhão de crianças anualmente no mundo.

O leite materno não deve ser substituído por nada. Recém nascidos normais nascem suficientemente hidratados para não necessitar de líquidos, além do leite materno. Já foi demonstrado que a complementação do leite materno com água ou chás nos primeiros seis meses de vida é desnecessária, inclusive em dias secos e quentes.

Qualquer mãe pode ser uma doadora em potencial. O aleitamento materno solidário é uma prática muito bonita. Qualquer mulher consciente e profundamente comprometida com o exercício da cidadania e acima de tudo qualquer mulher disposta a fazer a diferença neste mundo pode ser uma doadora de leite.

5 comentários cadastrados em “Aleitamento Materno Solidário”

  1. @vivianevivis disse:


    Adorei a entrevista da Simone!
    O grupo é realmente muito bom e mães que já amamentaram sao muito bem vindas tb para compartilhar as suas experiências

  2. Prof. Lucyano Jorge disse:


    Minha querida amiga Simone fala com muita propriedade do assunto, ela acredita verdadeiramente neste projeto e está colhendo os frutos deste trabalho.

  3. Viviane disse:


    Muito construtiva a matéria. Mesmo não sendo mãe ainda, aprendi muito com as dicas da Simone. Um assunto importantíssimo e atual. Gostei!

  4. Digenilda disse:


    Como mãe, só tenho a te desejar muitas bençaos filha.Para vc e todos engajados nesse maravilhoso, sonho,projeto, melhorias para uma significante qualidade de vidA. Deus os abençoem Poderosamente!!!
    Mamys

  5. Ministério da Saude disse:


    Olá, blogueiro(a)!
    Que tal usar seu espaço para apoiar o aleitamento materno?
    Não podemos esquecer que a amamentação não envolve apenas duas pessoas – mãe e bebê -, mas a todos nós: família, namorado, marido, amigos, empregadores.
    A mulher que amamenta precisa de apoio, carinho, companheirismo para passar ao bebê tudo que ele precisa. A amamentação exclusiva nos primeiros 6 meses de vida da criança e o leite materno na alimentação do bebê até 2 anos são fundamentais para a saúde dos pequenos.
    Apoie essa causa, seja um amigo do peito!
    Para saber mais sobre amamentação, acesse: http://bit.ly/avYH0C
    Se quiser receber material de divulgação para incluir no seu blog, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br
    Obrigado,
    Ministério da Saúde

Deixe seu comentário!