This text will be replaced

Cão-Guia e o deficiente visual: Dicas

Cão-Guia e o deficiente visual: Dicas

O cão guia é responsável por conduzir alguém que não pode ver, por isso, o cão nunca deve ser distraído desse dever. A segurança de uma pessoa pode depender do alerta e da concentração do cão.

Quando você tiver vontade de acariciar um cão guia, não tem problema em perguntar para o seu dono (o deficiente visual em questão). Muitos usuários gostam de socializar seus cães quando têm tempo. A responsabilidade principal do cão é o seu sócio cego, e é importante que o cão não seja solicitado enquanto trabalha.

Uma dica importante de como reagir quando encontramos um cão guia e seu respectivo dono é nunca fornecer alimento ou outras coisas que distraiam um cão guia. Os cães são alimentados em uma programação e seguem uma dieta específica a fim de mantê-los em condições melhores. Mesmo os insignificantes desvios de sua rotina podem interromper sua alimentação regular, substituir rotinas e incomodar seus alimentadores.

Os cães guia são treinados para resistir ofertas de alimentos, e assim visitar restaurantes sem ficar implorando por comida. Alimentar desejos a um cão guia enfraquece este treinamento.

Escutar o fluxo de tráfego tornou-se mais difícil para os treinadores de cão guia devido a motores mais quietos e ao número crescente dos carros na rua. Por isso é de extrema importância que você, quando estiver no trânsito não buzine nem o chame de seu carro para sinalizar quando é seguro cruzar, pois pode ser que o distraia e desconcentre. Seja especialmente cuidadoso com os pedestres nos cruzamentos e quando o farol ficar vermelho.

A vida do cão guia não é somente trabalho. Quando não estão com a coleira, são tratados da mesma maneira que animais de estimação. Entretanto, para a própria segurança deles, é permitido brincar com brinquedos específicos; por isso não lhes ofereça brinquedos sem primeiramente pedir a permissão do seu dono ou treinador.

Se todos colaborarem com o deficiente visual e seu cão guia, o convívio e a inclusão deles na sociedade ficam mais fáceis, possibilitando assim um ambiente agradável e que não os intimide de sair de casa.

Deixe seu comentário!