This text will be replaced

Equoterapia: Treinamento dos animais

Equoterapia: Treinamento dos animais

A equoterapia na Passo Firme procura oferecer um ambiente agradável, no qual o indivíduo possa se sentir motivado a buscar seu maior potencial na reabilitação. A reabilitação é um processo contínuo e coordenado, que busca restaurar o indivíduo incapacitado de forma a que possa alcançar o mais completo desempenho físico, mental, social, econômico e vocacional; a Passo Firme faz isso de forma interdisciplinar – nas áreas de saúde, educação e equitação – empregando um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo como instrumento para alcançar o desenvolvimento biopsicossocial dos seus pacientes através da equoterapia.

A equoterapia é uma terapia complementar que focaliza o uso do cavalo como um instrumento cinesioterápico, buscando o desenvolvimento físico e psicológico de pessoas portadoras de deficiências como Síndrome de Down, Autismo e paraplegia. É uma atividade que exige a participação do corpo inteiro, contribuindo assim para o desenvolvimento da força muscular, relaxamento, conscientização corporal, aperfeiçoamento da coordenação e equilíbrio.

Nesta segunda parte do vídeo podemos ver a importância do treinamento dos animais, neste caso o cavalo usado para a equoterapia. O uso do cavalo nos tratamentos procura atingir vários objetivos motores, cognitivos e afetivos. Com este enfoque de tratamento, torna-se importante a preocupação com a qualidade do treinamento do cavalo, possibilitando que o seu movimento possa ser conjugado com cada necessidade do paciente.

É necessário que os animais se locomovam de forma ordenada para que não haja prejuízos para os praticantes. É importante também no processo de treinamento do cavalo a análise de sua personalidade. A personalidade do cavalo é resultante da hereditariedade, da idade, do manejo, do equilíbrio genital e endócrino de vários outros fatores inerentes a sua fisiologia

Assim é importante a identificação das reações psíquicas do cavalo frente aos estímulos do ambiente que o cerca, traduzindo sua sensibilidade e excitabilidade, além de demonstrar a necessidade de tentar compreender melhor seus andamentos para que se possa entender sua dinâmica de movimento.

A realização de programa de equoterapia depende, também, de uma equipe de pessoas devidamente capacitadas e preparadas a trabalhar com pessoas com necessidades especiais tanto como cavalos.

Deixe seu comentário!