Tenho intolerância à lactose, e agora?

Intolerância à lactose é um problema bem sério porque as restrições na alimentação são severas, afinal tudo gira em torno de leite, creme de leite e queijo. Recebi um pedido sobre opções para o café da manhã e separei algumas receitas e também sites bem legais, com dicas e informações.

Adepta da alimentação orgânica, resolvi unir o útil ao agradável, assim ao nos alimentarmos também estaremos colaborando com a Saúde e o Meio Ambiente. Vamos lá?

Leites Vegetais

Leite de Aveia:
O leite de aveia é muito fácil de preparar, só precisamos de uma peneira e um liquidificador e temos um leite bem gostoso e que não interfere no sabor dos alimentos.
Ingredientes:
2 xícaras (chá) de aveia em flocos Orgânica
3 xícaras (chá) de água mineral ou filtrada;
Modo de preparar:
Deixe a aveia de molho na água por uns 10 minutos apenas para amolecer.Bata tudo no liquidificador. Coe e leve para a geladeira. Durabilidade 3 dias.
O leite de aveia é rico em fibras, isento de colesterol e lactose, contém vitamina E, ferro, entre outras vitaminas e minerais. Rico em fitoquímicos, produtos químicos das plantas que ajudam a lutar contra doenças como o cancro, doenças cardiovasculares.

Variações e Sugestões:

• Abaunilhado: adicione no liquidificador uma colher de café de essência de baunilha e açúcar orgânico a gosto. Com granola fica muito bom.
• Com cacau ou na vitamina: adicione 1 colher de sobremesa de cacau em pó e açúcar orgânico a gosto. Se quiser uma vitamina bata com banana.
• Receitas salgadas: com o cozimento o leite de aveia tem o mesmo efeito do amido de milho, engrossa. Que tal um estrogonofe feito com ele? Purês, sopas cremosas, já pensaram que legal poder aumentar as opções de cardápio?
• Variações de textura: mais ou menos aveia resultará em leites mais ou menos grossos de acordo com o que você precisa para fazer os pratos mais cremosos.

Leite de Inhame:

Assim como o leite de aveia o de inhame é neutro, não interfere no sabor da receita.
Cozinhe um inhame orgânico com casca. Depois de cozido, descasque e bata com uma ou duas xícaras de água de acordo com a textura que preferir. Coe e coloque em uma jarra ou garrafa de vidro. Pode ser adoçado ou saborizado com canela, cacau ou uma fruta de sua preferência.
O inhame é depurativo, desintoxicante e fortalece o sistema imunológico. Rico em amido e fibras solúveis, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e as taxas de colesterol sangüíneo. Auxilia na digestão e na fermentação do bolo alimentar, portanto no funcionamento dos intestinos. Fonte de Betacaroteno, vitaminas C e do complexo B, cálcio, fósforo, potássio e ferro.
Os médicos orientais recomendam a ingestão de inhame para fortificar os gânglios linfáticos. Na Índia, o sistema médico ayurvédico indica para restaurar as defesas orgânicas, principalmente como recurso para combater infecções e tumores.

Leite de Arroz:

Ingredientes
2 xícaras de arroz orgânico, sem lavar
10 xícaras de água mineral ou 2 litros e meio
½ colher das de chá de sal
½ fava de baunilha ou 1 canela em pau
Modo de preparar:
Leve tudo ao fogo por exatos 15 minutos, não mais que isso. Bata tudo no liquidificador ainda quente no modo pulsar, por 3 vezes rápidas para que não vire uma papa, queremos apenas quebrar os grãos. Se esperar esfriar ele absorve toda a água e teremos um leite muito grosso.
Peneire mexendo o arroz delicadamente apenas para sair o líquido, pronto é só levar à geladeira em um recipiente de vidro. Também neutro.

Leite de Coco

De sabor suave pode ser bebido puro ou utilizado em receitas doces e salgadas. Livre de aditivos químicos presentes nos leites de coco industriais, ainda mantém todas as propriedades presentes na água, no fruto e na gordura.

Sua vantagem em relação aos outros leites vegetais é a presença do ácido láurico, existente no leite materno, ajudando a combater infecções e aumentando a imunidade do organismo. Contém calorias, hidratos de carbono, proteínas, gorduras, sais minerais, vitamina A,B1,B2,B5,C, fósforo, cálcio, ferro, magnésio, enxofre, silício. Muito bom para adicionar aos outros leites vegetais para saborizar ou aumentar o rendimento.

Ingredientes:
1 coco de preferência Orgânico
900 ml de água mineral morna
Modo de preparar:
Fure o coco e retire a água. Reserve. Quebre o coco e leve ao forno para que a polpa desprenda com facilidade. Retire a polpa com uma faca. Bata por 3 minutos a polpa no liquidificador com a água do coco reservada e mais a água mineral morna. Coe em um pano de algodão e esprema para retirar todo o leite. Guarde a polpa do coco para utilizar em receitas.

Leite feito com frutas oleaginosas

Nozes, amêndoas, avelãs, castanhas do caju ou do Pará…
As frutas oleaginosas são excelentes para combater o envelhecimento celular, ajudam a diminuir o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, potentes antioxidantes, combatem os radicais livres, fontes de cálcio e magnésio.
Modo de preparar:
Deixe de molho durante 8 horas (de um dia para o outro), ½ xícara de chá das sementes de sua preferência com 2 xícaras de chá de água. Para quem prefere o leite mais doce deixe de molho junto 2 tâmaras sem caroço.

Na manhã seguinte coe em uma peneira as sementes e passe embaixo da água. Bata no liquidificador as sementes (com as tâmaras, se for o caso) com 1 litro de água. Coe a mistura em um pano de algodão e coloque numa jarra ou garrafa de vidro, dura 1 semana na geladeira. Este leite pode ser bebido ao natural ou em receitas que usam leite de vaca.
Algumas dicas importantes:
Os resíduos podem ser aproveitados para fazer sopas, mingaus, pães, bolos e tortas.
Utilize um saquinho e reserve apenas para coar o leite. Tem uma coisa meio lúdica aqui, você estará ordenhando os grãos, uma sensação especial garanto.

Nota: Os leites vegetais não podem ser fervidos que talham.

Pão de liquidificador

Cheirinho de pão é mesmo uma delícia e este aqui é super fácil para servir no café da manhã ou fazer um sanduíche bem gostoso.

Ingredientes
3 ovos tipo caipira inteiros
1 sachê de fermento biológico granulado
¼ de xícara de leite de coco feito em casa ( veja a receita), misturado a ½ de xícara de água
3 colheres de sopa de óleo de Girassol
1 colher de chá de sal marinho
3 colheres de sopa de açúcar orgânico
3 xícaras de farinha de trigo orgânica (aqui vc pode optar por metade farinha branca e metade integral)
Modo de Preparar
Coloque no liquidificador todos os ingredientes, mnos a farinha.Bata ligeiramente. Coloque a mistura numa tigela e adicione a farinha aos pouquinhos para que não empelote. Você terá uma massa pesada e homogênea.
Aqueçao forno por uns 5 minutos em temperatura média, enquanto o forno esquenta aproveite para untar uma forma de pão com óleo e polvilhe farinha. Desligue o forno, coloque a massa no forno quente e deixe descansar por 40 minutos. Passado o tempo, religue o forno e asse o pão por aproximadamente 15 minutos em temperatura média e mais 15 minutos em temperatura baixa. Ele fica douradinho por fora, deixe esfriar por uns 10 minutos e desenforme.
Fonte: www.semlactose.com/index.php/2012/06/21/pao-de-liquidificador/

Pasta de grão de bico

Já repararam que os recheios gostosos de sanduíche são quase sempre à base de requeijão, catupiry, creme de leite e outros venenos para quem é intolerante à lactose?

Foi para isso achei super legal esta dica sobre uma pasta à base de grão de bico, muito nutritiva e com baixo teor de gorduras.

Ingredientes
2 xicaras de grão de bico cozido e sem casca
3 colheres de sopa de levedo de cerveja
3 colheres de sopa de tahine
4 colheres de sopa de suco de limão
4 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
1 colher de chá de cebola picadinha
1 colher de chá de alho picadinho
1 colher de chá de sal marinho
½ colher de chá de páprica doce
1 colher de chá de mostarda
½ xícara de água
Modo de Preparar
Bata todos os ingredientes, exceto a água, em um processador. Aos poucos, vá adicionando a água até chegar a textura que você prefere.

Dicas:
Para preparar o grão de bico: deixe o grão de bico de molho na água de um dia para outro. Cozinhe em panela de pressão por 15 a 20 minutos depois de ferver ou em panela normal, por pelo menos 1 hora. Depois de esfriar, as cascas se desgrudam naturalmente do grão de bico. Separe-as das sementes.
Para aqueles que não podem consumir glúten, digo que o levedo de cerveja é um ingrediente bem importante nesta receita, pois ele deixa a pasta com leve sabor de queijo. Mas sim, é possível prepará-la sem esse ingrediente.
Fonte: www.semlactose.com/index.php/2011/07/15/pasta-de-grao-de-bico/

American Pancakes

Delícia! Servidas no café da manhã com mel, geléia e frutas.

Ingredientes
1 ovo tipo caipira
2 colheres (sopa) de óleo de girassol
½ xícara (chá) de farinha de trigo orgânica
1 colher (sopa) de fermento em pó (***)
4 colheres de sopa de água
2 colheres de sopa de açúcar orgânico
Óleo para untar
(***) Como todo o fermento está transgênico, utilizaremos ½ colher de sopa de cremor tártaro e ¼ de colher de bicarbonato de sódio. O cremor tártaro é encontrado em lojas que vendem produtos para doceiras e chocolateiras.
Modo de Preparar
Em um liquidificador, bata o ovo, a água, o óleo. Acrescente a farinha de trigo, o açúcar e a mistura de fermento e bata até ficar homogêneo.
Aqueça uma frigideira antiaderente untada, despeje porções de massa no centro, sem espalhar. Quando começar a formar furinhos na superfície, vire a panqueca e deixe dourar do outro lado. Coloque em um prato e faça o mesmo com restante da massa. Sirva quente.
Dica: Sirva com geléia, mel, frutas silvestres, passas ou gotas de chocolate sem lactose.

Rabanadas

Porque só nos lembramos delas no final do ano? Aqui temos uma versão mais “light”, pois ao invés de ser frita em óleo, ela é dourada em um pouquinho de azeite.

Ingredientes
1 xícara do leite vegetal de sua preferância
2 ovos tipo caipira
1 colher (sopa) de açúcar orgânico
3 colheres (sopa) de açúcar misturadas com 1 colher (chá) de canela em pó
1colher (sopa) de óleo de girassol
8 fatias de pão francês
Modo de Preparar
Corte em fatias com 2 cm de altura. Reserve.
Bata ligeiramente os ovos, acrescente o leite e o açúcar. Mexa até o açúcar se misturar aos ingredientes. Em uma frigideira anti-aderente, coloque o óleo. Molhe as fatias de pão na mistura de leite e ovos, virando-as para absorverem a mistura, mas não as deixe mais do que 1 minuto para não amolecerem demais. Com uma espátula, leve-as à frigideira e vire-as para dourar de ambos os lados. Repita o mesmo procedimento com todas as fatias. Ao final, coloque-as em um prato e espalhe por cima o açúcar com canela. Sirva quente.

Creme de Açaí

Perfeito no café da manhã, sobremesa ou no lanche. Refrescante no verão, o açaí se tornou conceituado por médicos e nutricionistas, trazendo benefícios à saúde.
Ingredientes
300g de polpa de açaí congelada (você já encontra Açaí orgânico)
3 bananas nanicas orgânicas, maduras e geladas*
½ xícara do leite vegetal de sua preferência
4 a 6 colheres de sopa de granola
*Para o creme ficar tipo sorvete cremoso, deixe as bananas no refrigerador por algumas horas ou coloque-as no freezer por 30 minutos antes.
Modo de Preparar
Em um liquidificador coloque o açaí, as bananas em pedaços e o leite. Bata bem até obter uma mistura homogênea cremosa. Sirva gelado colocando a granola por cima. Se preferir, adicione mel ou açúcar orgânico. Rende 4 porções.

Pãezinhos de mandioquinha com batata

Ingredientes
2 tabletes de fermento biológico (seco) ou 1 pacotinho de fermento biológico em pó
½ xícara de água morna
½ xícara de óleo de girassol
1 batata média, cozida e amassada
2 mandioquinhas médias, cozidas e amassadas (aproximadamente 400g)
2 ovos tipo caipira
2 colheres (chá) de sal marinho
1 colher (sopa) de açúcar orgânico
600g de fécula de mandioca
1 gema de ovo (para pincelar por cima)
Modo de Preparar
Cozinhe a batata e as mandioquinhas até ficarem bem macias. Passe pelo espremedor de batatas. Coloque a água morna em uma tigela grande e adicione o fermento e o açúcar. Misture e aguarde 10 minutos para que o fermento cresça. Depois de crescido, adicione a batata e a mandioquinha amassadas, os ovos inteiros, o óleo, o sal e 2 xícaras de fécula de mandioca. Misture tudo muito bem e vá acrescentando aos poucos mais fécula de mandioca até obter uma massa lisa e macia, que não grude nas mãos.
Divida a massa em bolinhas, grandes ou pequenas, como preferir. Coloque os pãezinhos em uma forma untada e enfarinhada e deixe a massa descansar por 1 hora. Ela irá dobrar de tamanho.
Caso queira rechear, coloque a massa na palma da mão e afunde com o dedo polegar. Coloque o recheio e feche novamente a bolinha. Pincele com gema do ovo. Asse em forno pré-aquecido em 180ºC por 25 minutos ou até os pãezinhos ficarem dourados.

Café Mocha Gelado

O café gelado é uma bebida própria para o verão. O Café Mocha se diferencia do Capuccino porque tem chocolate. A receita original leva uma dose de café expresso, mas você pode experimentar com café solúvel.

Ingredientes (para 2 canecas de 250 ml cada)
250 ml de leite vegetal (use o de sua preferência)
2 cubos de gelo
6 colheres de chá de café solúvel
6 colheres de chá de açúcar orgânico
2 colheres de chá de cacau em pó
Modo de Preparar
Bata tudo no liquidificador.
Dica: Para decorar o copo faça uma calda com 2 colheres de cacau em pó e 9 colheres de água. Acrescente açúcar orgânico a gosto e leve ao fogo até ferver.
http://www.semlactose.com/index.php/2009/12/02/cafe-mocha-gelado/ Colaboração (receita): Ana Claudia Frederico

Creme de Leite Vegetal

Sempre procurei uma receita de creme de leite caseiro, mas em todas encontrava a famigerada gordura vegetal hidrogenada. Descobri então que para fazer o creme de leite vegetal é só engrossar o leite vegetal de sua preferência, aumentando a quantidade de sólidos na receita (castanhas, amêndoas, aveia etc) e, se desejar que fique mais encorpado ainda, adicionando uma colherinha de agar-agar e outra de azeite de oliva. Bom não é?

Nadia Cozzi
Consultora em Alimentação Orgânica

Fontes pesquisadas:
http://chubbyvegan.net

http://dietasgsc.blogspot.com

http://www.amocomidaviva.blogspot.com

http://cantinhovegetariano.blogspot.com

http://www.semlactose.com

3 comentários cadastrados em “Tenho intolerância à lactose, e agora?”

  1. Luiz Gonzaga disse:


    Exelente vou compartilhar.

  2. Angela disse:


    Muito boas as dicas. Só vou deixar uma dica quanto ao mocha coffee: o café solúvel pode conter traços de leite. Descobri isso da pior forma. Ele é processado na mesma “máquina” que se prepara o cappuccino.

    Abraço

  3. webfilhos disse:


    Nossa!!!! Obrigado pela dica….. Pessoal vamos ficar atentos….

Deixe seu comentário!