This text will be replaced

Amamentação, importância e benefícios

Amamentação, importância e benefícios

A Amamentação é uma das ferramentas de prevenção da Síndrome de Respiração Bucal. A Doutora Gabriela D. de Carvalho, cirurgiã dentista fala sobre como a amamentação pode prevenir a síndrome de respiração bucal, tão comum entre as crianças.

“Amamentar exige um trabalho muscular absolutamente diferente do trabalho da sucção da mamadeira” diz a doutora.

Sugar a mamadeira é diferente de se alimentar do peito da mãe. Quando falamos de amamentação, sempre falamos de peito de mãe e quando falamos em mamadeira, ou outros meios, falamos em aleitamento. Quando a criança suga a mamadeira, ela extrai o leite por pressão negativa, e para fazer isso ela faz apenas dois movimentos com a mandíbula, ela apenas abre e fecha a boca. Já no peito da mãe, ela vai fazer movimentos mais complexos, divididos em quatro partes. A amamentação é a mastigação primeira, pois ela usa os mesmos músculos usados na mastigação, sendo que na mamadeira ela vai usar apenas 50% destes músculos.

A criança que não desenvolve seus músculos orais (musculatura da boca) pode desenvolver sérios problemas. Se seu filho come de boca aberta ou fica com ela aberta na maioria do tempo isso tem uma causa, e ela deve ser identificada e tratada de maneira que auxilie a criança.

A mulher deve ser motivada a amamentar. Existem alguns casos de mulheres que não podem amamentar, mas também existem medidas que devem ser tomadas neste caso, mas não deve se usar de imediato a mamadeira, pois se você der uma vez que seja ela não vai pegar mais o peito da mãe, pois vai aprender que é muito mais fácil mamar na mamadeira.

É necessário que a criança seja amamentada exclusivamente no peito da mãe durante seis meses. Outra coisa importante é que a mulher seja orientada desde cedo sobre a importância da amamentação.

Desde criança as meninas devem ser educadas e podem então entender a necessidade e os benefícios que a amamentação tem para a vida e o desenvolvimento do bebe para que não venha a desenvolver problemas futuros como os problemas respiratórios, entre outros.

6 comentários cadastrados em “Amamentação, importância e benefícios”

  1. Naia Tonhá Almeida disse:


    Eu sou fà!
    E sou suspeita já que tenho o privilégio do convívio semanal.
    Essa percepção do problema do respirador bucal, é dito por ela há muitos anos.
    Foi a primeira pessoa que eu ouvi falar sobre a importância da amamentação.
    Assim como a primeira a fazer co-relação com o problema respiratório, falta de função e desenvolvimento.
    É uma pioneira!

  2. Ministério da Saude disse:


    Olá, blogueiro(a)!
    Que tal usar seu espaço para apoiar o aleitamento materno?
    Não podemos esquecer que a amamentação não envolve apenas duas pessoas – mãe e bebê -, mas a todos nós: família, namorado, marido, amigos, empregadores.
    A mulher que amamenta precisa de apoio, carinho, companheirismo para passar ao bebê tudo que ele precisa. A amamentação exclusiva nos primeiros 6 meses de vida da criança e o leite materno na alimentação do bebê até 2 anos são fundamentais para a saúde dos pequenos.
    Apoie essa causa, seja um amigo do peito!
    Para saber mais sobre amamentação, acesse: http://on.fb.me/oL9ILc
    Se quiser receber material de divulgação para incluir no seu blog, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br
    Obrigado,
    Ministério da Saúde

  3. elaine cristina pereira disse:


    eu estou gravida de 3 meses e tenho um filho de 3 anos .que esta ainda mamando no peito tem algul problema .mesmo eu estano gravida

  4. webfilhos disse:


    Elaine vamos encaminhar sua dúvida para o Grupo do AMS, em breve te responderemos.

  5. webfilhos disse:


    Elaine veja este link por favor, responde sua dúvida. Boa sorte e parabéns pelo bebê!
    http://consultoraemamamentacao.blogspot.com/2011/07/nova-gravidez-e-amamentacao.html

  6. Lucia Trajano disse:


    Oi, Gabriela

    Parabéns por mais esta aula fantática, que descobri nesse site!
    Saudades.

Deixe seu comentário!