This text will be replaced

Podologia infantil

Podologia infantil

Bebês e crianças maiores também precisam de podólogos.
O choro frequente do bebê, muitas vezes, pode não estar associado a cólicas ou dor de ouvido, mas a uma unha encravada que inflamou. A solução é recorrer a um especialista em Podologia Infantil. Crianças maiores que têm atividades como futebol e ballet também podem sofrer com alterações nos pés e precisarem de um profissional da podologia.
Entre os cuidados que se deve ter com as crianças estão, principalmente, o corte das unhas, o tipo de calçados usados e até o tipo de roupa.
Os tradicionais macacões com “pezinhos”, por exemplo, deveriam ser evitados ou então comprados um ou dois números acima do usado pelo bebê.
Os pés dos bebês são macios e flexíveis, qualquer pressão anormal pode causar deformidades e somente ser percebida quando a criança começar a andar.
Cortar as unhas dos bebes também requer cuidados. Fazer sempre cortes retos e não retirar os cantos são algumas dicas para se evitar inflamação da pele e infecções.
As unhas dos pés têm um crescimento mais lento em relação à das mãos, podendo ser cortadas de duas a três vezes ao mês. Pode-se usar tesourinha ou cortador de unha infantil.
Nos primeiros anos de vida, as crianças têm as unhas mais moles, semelhantes a uma pele endurecida, por isso são necessários alguns cuidados para prevenir inflamações e ferimentos.

Deixe seu comentário!